Estilistas pernambucanos


Pernambucanos na passarela

Com influências regionais e, ao mesmo tempo, modernas, os estilistas pernambucanos têm se destacado no país por adotar uma moda diferenciada nas passarelas, cheia de requintes e personalidade.


Xuruca Pacheco

Começou a gostar de costura aos 13 anos, imitando sua mãe, no interior de PE;

Não desenha a roupa antes de criar e trabalha com produtos e peças recicláveis;
 
Suas roupas são peças únicas e de boa qualidade;
 
Cada roupa demora no mínimo seis horas para ser terminada;
 
Moda pernambucana: “é em grande parte, cópia da do sul e somente uma minoria cria seu próprio estilo.”




Eduardo Ferreira


O mais experiente dos estilistas locais e carrega até hoje as influências culturais da sua época de infância.

Eduardo desenvolveu seu interesse estético pela moda sem deixar de lado suas raízes.

Dos 14 aos 18 anos, trabalhou como arte-educador em algumas comunidades do Recife e, aos 20, viajou para o Rio de Janeiro, onde foi assistente de figurino da novela Carmem, da Rede Manchete.

O uso da renda renascença nas suas criações é uma constante, quase uma assinatura.

Há oito anos, atua em parceria com rendeiras de Pesqueira, Jataúba e Poção, no Agreste do Estado, onde cria os motivos e tramas da renda, além de tingir e rebordar manualmente todas as peças.



Melk Z-Da

Formado em artes plásticas pela UFPE.

Começou a carreira em 2004, quando ganhou o concurso Recife Fashion, sua cidade natal e onde vive até hoje.

Em 2005 realizou seu primeiro desfile no Fashion Rio.

Em 2007 participou como estilista convidado do desfile do SIMM - Salón Internacional de la Moda de Madrid.

Considera-se um criador em constante construção e acredita na moda autoral como forma de expressão.

Principais características: new romantic, com peças ousadas, cheias de drapeados e babados. Referências artesanais em releituras contemporâneas.



#coleções


Inverno 2010 - Carpintaria
Verão 2010 - A queima-roupa
Inverno 2009 - A hora do chá
Verão 2009 - Eu amo demais
Inverno 2008 - A noiva cadáver
Verão 2008 - Origens
Inverno 2007 - Karumi
Verão 2007 - Expressões
Inverno 2006 - Jardim Secreto


Gustavo Silvestre
 

Estilista pernambucano radicado em São Paulo, participa do evento "Casa de Criadores", onde é apontado como um dos principais nomes da nova safra de criadores brasileiros.

Abandonou a arquitetura para estudar moda na La Accademia, em Firenze, Itália. Antes de apresentar suas coleções na “Casa de Criadores”, Gustavo atuou como figurinista de teatro. Pesquisa e documenta imagens visuais da cultura popular do país, sobre tudo da região nordeste e tem como rica fonte de inspiração o imaginário popular.

Uma das principais características do trabalho do designer é trabalhar as raízes brasileiras e suas regionalidades sem tratá-las como clichês. Os bordados estão sempre presentes em suas criações, mas fogem do óbvio.









Leopoldo Nóbrega


Nascido em 1977 em Recife – PE, iniciou suas experiências plásticas em meados dos anos 80 com diversos materiais: metal, couro, concreto, resina e cerâmica.

A partir de 1989, define-se como um “Multiartista patriota e dedicado”, expondo em exposições individuais e coletivas no Recife e em cidades próximas.

Artista plástico | Ceramista | Estilista | Cenógrafo | Consultor de moda e mercado

Em 1995, resolve inserir a moda em suas pesquisas plásticas e consolida um estilo artesanal experimental para uma Moda de Conceitos.




#coleções


DO PÓ AO PÓ | 1996 - 1999

POLIMERIZAÇÃO DE CORPOS | 1999

ALINHAVANDO O CORDEL | 1999 - 2000

STREET WEAR DE BAQUE SOLTO | 2000 - 2001

ETNIA FOR MAN | 2002

DO CAOS À MODA | 2002

SONHOS | 2003

SANGUE AZUL | 2004

UM SAMBA SOBRE O INFINITO | 2005

VIVE BRASIL! | 2006

NÔMADES | 2010

EVOÉ NABUCO | 2011



Carol Azevedo


A estilista Carol Azevedo, premiada no segmento de Moda, trocou a dança pela criação de roupas femininas, e hoje é uma das principais estilistas locais de vestidos de casamento.

Além de produzir coleções a cada temporada e confeccionar lindos vestidos de noivas, uma vez ao ano costuma organizar um burburinho fashion, no qual põem a venda peças que ela própria garimpa em brechós nacionais e internacionais.



Walério Araújo


Natural de Lajedo – PE, percorreu o Brasil para fazer carreira.

Após um curso de moda por correspondência, decidiu tentar a vida em São Paulo, onde fez um curso particular em desenho de moda.

Atualmente, vem mostrando seu trabalho ousado nas últimas 14 edições da semana de moda Casa de Criadores.

Seus desfiles são sempre bem humorados, polêmicos e geram expectativa no público, com homenagens e temas exóticos, sem perder a sofisticação.

Sua fama e talento despertou o interesse de várias celebridades como Ivete Sangalo, Cláudia Leite, Adriane Galisteu, Preta Gil e Sabrina Sato.
 

Postagens mais visitadas deste blog

Anos 90

Estilistas Italianos

Anos 30