Postagens

Mostrando postagens de 2011

Estilistas conceituais

Atsuko Kudo

Iris van Herpen
Issey Myake
Ziad Ghanen
Gareth Pugh
Viktor & Rolf
John Galliano
Rei Kawakubo

RP/Encore
Jum Nakao
Yohji Yamamoto
Shoplifter

Hussein Chalayan
Alexander McQueen 

Estilistas pernambucanos

Imagem
Pernambucanos na passarela
Com influências regionais e, ao mesmo tempo, modernas, os estilistas pernambucanos têm se destacado no país por adotar uma moda diferenciada nas passarelas, cheia de requintes e personalidade.

Xuruca Pacheco
Começou a gostar de costura aos 13 anos, imitando sua mãe, no interior de PE;
Não desenha a roupa antes de criar e trabalha com produtos e peças recicláveis;
Suas roupas são peças únicas e de boa qualidade;
Cada roupa demora no mínimo seis horas para ser terminada;
Moda pernambucana: “é em grande parte, cópia da do sul e somente uma minoria cria seu próprio estilo.”




Eduardo Ferreira


O mais experiente dos estilistas locais e carrega até hoje as influências culturais da sua época de infância.

Eduardo desenvolveu seu interesse estético pela moda sem deixar de lado suas raízes.

Dos 14 aos 18 anos, trabalhou como arte-educador em algumas comunidades do Recife e, aos 20, viajou para o Rio de Janeiro, onde foi assistente de figurino da novela Carmem, da Rede Manchete.

O u…

Estilistas brasileiros

Estilistas Italianos

Imagem
Roberto Capucci
É um estilista italiano conhecido por suas   roupas extravagantes e engenhosamente construída.


Gucci
A casa Gucci é uma grife de origem italiana fundada por Gucci (1881-1953). Em Florença no ano de1921. A casa Gucci começou com a fabricação de peças de couro feitas artesanalmente.

A Gucci hoje é a segunda maior marca de moda em vendas perde só para a Louis Vuitton. É recordista mundial de vendas italianas. A Gucci opera em mais  de 425 lojas em todo o mundo. A Gucci tem 2 lojas na américa do sul sendo as 2 no Brasil.

Sorelle Fontana
É uma casa de moda especializada em criações criações de alta costura. Fundada em Roma em 1943, por três irmãs, Zoe, Micol e Giovanna Fontana.
No meio da segunda guerra fundaram a sua própria casa, inicialmente especializada em roupas de moda. O grande salto delas foi a fusão de arte e moda através do tecido impresso. Depois disso fizeram roupas para grandes filmes americanos em Hollywood.


Giorgio Armani

Nascido em 11 de julho de 1934. É um dos pr…

Anos 90

Imagem
A moda da década de 90 manifestouse com grande liberdade na forma com que as pessoas se vestiam, com os preconceitos sendo deixados de lado. Nesta década a moda se inspira no que já passou. Os desenhistas de vanguarda vem da Inglaterra e Bélgica, mas a Itália dita as tendências. É a década da Prada, Versace, Armani, Dolce e Gabanna e Gucci, entre outros. Até a metade da década de 90, a moda foi influenciada pelo exagero dos anos anteriores. Foram lançados, por exemplo, os jeans coloridos e as blusas segunda-pele, que colocaram a lingerie em evidência.


Na segunda metade desta década, a moda passou a buscar referências nas décadas anteriores, fazendo releituras dos anos 60 (cores claras, tiaras) e em seguida dos 70 (plataformas em tamancos e modelos fechados, geralmente desproporcionais).


Foi também a era das supermodelos.Na verdade a idéia já tinha começado nos anos 80, mas aqui evoluiu. Surgem Naomi Campbell, Cindy Crawford, Linda Evangelista e Gisele Bündchen, dentre …

Anos 80

Imagem
Os anos 80 foram marcados por releituras de épocas passadas, pelo couro, pelas ombreiras altas, pela sensualidade, pelas estampas, pela febre da ginástica e do culto ao corpo e finalmente pelo surgimento da AIDS. Os ícones da geração anos 80 foram a cantora pop Madonna, Prince e Michael Jackson, deixando contribuições na moda de todo o mundo.

O outro lado da moeda foi a moda que surgiu vinda das academias de ginástica. A proposta era de alto astral com o uso de roupas que valorizavam o corpo, justas e coloridas.Essa moda se expandiu para as ruas e diversas peças de roupas que antes eram restritas ao universo da malhação foram adotadas no dia-a-dia. As polainas e os collants caracterizam essa estética.


Thierry Mugler
Dono de um estilo inconfundível, o controverso criador francês deu novo sentido à alta costura, quebrou tabus, materializou fetiches, definiu silhuetas, promoveu desfiles memoráveis, emprestou seu nome aos perfumes mais vendidos do mundo e ainda atua como escritor e fotóg…

Anos 70

Imagem
O Glam Rock foi um estilo de música nascido na Inglaterra entre o final de anos 60 e começo dos 70 e surgiu como uma provocação à estética pobre do movimento Hippie. Conhecido também como Glitter Rock, foi marcado pelo excesso na produção – tanto na roupa (lurex, lantejoulas, paetês, saltos plataformas), quanto na maquiagem (cílios postiços, batons e sombras em cores vibrantes, purpurina). Tudo com muito glamour. Outro ponto fundamental para entender o Glam Rock foi a questão da androginia.
Os punks também surgiram no final desta década com a ideologia agressiva de denúncia à sociedade. Os punks geralmente usam calças jeans justas, rasgadas, jaquetas de couro preto, coturnos, tênis converse, correntes e muitos detalhes metálicos nas roupas, corte de cabelo moicano espetados ou cabelo um pouco comprido, piercings. A moda punk contrasta com a moda vigente e sempre apresenta elementos contestadores aos valores aceitos pela sociedade. Vivienne Westwood e seu marido, Malcon McLaren, líder d…

Anos 60

Imagem
Os anos 1960 foi marcado pela cultura jovem, dos estilos variados, do rock and roll, do homem pisando na lua pela primeira vez, dos movimentos pacifistas do final da década (hippies). Foi a década também da moda unissex, proveniente do ideal jovem, passando a idéia de coletivo e gerando uniformização.
O movimento hippie foi uma manifestação da contracultura dos anos 1960 nos Estados Unidos que conseguiu executar uma das mais radicais e metódicas críticas à sociedade ocidental e às suas instituições. A indumentária utilizada pelos adeptos desse movimento foi associada às críticas desses padrões ocidentais. A vestimenta, numa primeira instância, representou a identidade do movimento que rebatia os valores conservadores da sociedade capitalista ocidental.
A indumentária hippie exibia de maneira mais límpida alguns traços da moda como linguagem não verbal. Havia uma forte presença de produtos artesanais e grande destaque na confecção de produtos que hoje caracterizam o movimento (calças jea…